Monthly Archives: Março 2012

LED’s traseiros

Já algum tempo que tinha umas lâmpadas para colocar na traseira do carro para a marcha atrás, mas devido a não ter o carro não o pude fazer.

Hoje como tinha tempo resolvi fazê-lo. As lâmpadas têm o encaixe P21W (ou 1156) e usam 18 SMD 5050, os mesmo que uso nos mínimos mas com 13 SMD. Com os mínimos fiquei plenamente satisfeito, luz branca e maior iluminação com um consumo de cerca de 2.8w contra os 5w de origem, mas na traseira a lâmpada é de 21w, e ter 21w não implica ter 4x mais potência, mas sim mais do que isso, pois as lâmpadas de halogéneo quando mais potentes mais luz dão exponencialmente. Por isto, e apesar de ter gostado do resultado (durante o dia), encomendei umas que usam LED CREE de 7w. Cree são os LED’s mais potentes que existem, neste caso um de 5w não seria apenas (cerca) do dobro dos 2.8w mas algo mais pois é um LED diferente.

Depois de ver o resultado nocturno estou algo arrependido pois acho que vai ser demais, a lâmpada com 18 SMD 5050 pareceu-em dar tanta luz como a de halogéneo. A explicação é que os LED’s são direccionais, isto é, têm um determinado ângulo enquanto que as de halogéneo espalham a luz por todo o lado, dai que as lâmpadas LED tenham vários à sua volta. Resumindo, quanto menor for o espaço menor será a diferença entre a mesma lâmpada de LED e de halogéneo, ou seja, como os mínimos estão na óptica dos médios, que é bem grande, são precisos 2.8w quando teoricamente bastaria 1w de LED para competir com 5w de halogéneo. Já a luz de marcha atrás tem uma óptica pequeníssima logo os 18 SMD 5050 (cerca de 3.9w) conseguem competir perfeitamente com os 21w do halogéneo (ainda que se note uma ligeira vantagem nas de halogéneo, explicação em baixo), sendo a potência LED necessária 4.2w, por isso para igualar presumo que 4.5w chegariam.

Apesar de já ter lido sobre o assunto com a prática é que se percebe, quando menor for a óptica do LED menos potente este precisa de ser. A mesma lógica se aplica às de halogéneo, mas não tanto como nos LED.

Relativamente às lâmpadas de 7w a ver se as consigo cancelar e troco por umas com encaixe T10 para por nos mínimos.

Ainda relativamente aos mimos também os troquei, comprei usn exactamente iguais (13x SMD 5050) mas com CANBUS. Custam o mesmo e o piscar (presente no vídeo abaixo) desaparece, e o encaixe é melhor.

Fotos dos LED’s:

 

Anúncios
Categories: Peugeot 207 | Deixe um comentário

Reparação efectuada: Comparações de lâmpadas

O carro já está reparado, finalmente.
Já sentia imensas saudades e na Terça Feira fiz uma viagem com muita calma para Leiria a ouvir a minha pasta de 80’s.

Como levou uma óptica nova e esta já trás lâmpadas pude comparar as de origem com as minhas. Comparei mínimos, médios e máximos, e devido à forte luz tive que reduzir o tempo de exposição da máquina fotográfica por isso a luz emitida pelas lâmpadas (sejam elas quais forem) é largamente superior. As lâmpadas OEM estão sempre à esquerda.

Mínimos: Lâmpada 5w vs 13 SMD 5050

Nota-se perfeitamente que não só são brancos, os LEd’s dão mais luz.

Médios: Philips OEM 55w vs Xénon 4300k 35w

Também se nota mais luz por parte do xénon mas não tanto como nos led’s. Infelizmente a luz não é tão branca como os LeD’s ou como o xénon que tinha na CBF…

Máximos: Philips OEM vs Osram NB Plus

Nota-se que são menos amarelos e que dão um pouco mais de luz. Estás lâmpadas são do melhor no que toca a qualidade/preço.

Categories: Peugeot 207 | 2 comentários

Vídeos novos

No inicio do semestre passado fui com bons amigos ver o Rally Sprint de Porto de Mós e adorei o pouco que vi da estrada.
Antes de ontem finalmente fui testar a mesma com a CBR. O percurso foi feito com calma porque não havendo passeio tinha medo de encontrar pedestres e os camiões metem medo naquelas curvas apertadas. Adorei a estrada, agora é repetir com a malta.

Aproveitei o passeio e dei uma pequena aceleração na estrada nova de Leiria, conseguindo corrigir a posição da câmara ao peito, ainda assim se me baixo a imagem fica tapada devido à altura do depósito.

Gravei também um vídeo com a câmara a apontar para trás, ficou engraçado mas além de apontar um pouco para cima fiquei com dores nos braços, não é fácil meter a câmara nas costas…

Tenho também duas modificações em mente, os piscas da frente são demasiado saídos, pensei em por piscas mais pequenos mas também não me parece o ideal. Vou tentar resolver o assunto com fitas 5050.
A zona assinalada na foto também em parece interessante para fazer algo com EL wire:

Categories: CBR 600F | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.