Monthly Archives: Janeiro 2012

Primeira “voltinha”

Como estou em frequências e o tempo não tem ajudado a mota ainda andou pouco.

Hoje fui aproveitar o sol com 2 amigos e a namorada, fomos até Tentúgal comer um pastel, indo por Cantanhede e depois voltamos pela estrada do rio. Foi um passeio agradável, deu para ver os consumos da mota a um ritmo mais calmo, 4.5l/100, pareceu-me um excelente valor dado que ainda puxei por ela, ia com pendura e andamos cerca de quilometro e meio em 1ª/2ª (estrada de terra).

Quanto ao capacete, 5 estrelas, confortável, leve, excelente insonorização e circulação de ar.

Anúncios
Categories: CBR 600F | Deixe um comentário

Acidente

Há 2 dias atrás a vir de Leiria (a minha namorada no 207 e eu na CBR) aconteceu um acidente: Ela ia a ultrapassar um camião, este fica sem faixa e atira-se, ela ficou nervosa e mandou-lhe uma pancada de lado. O camião seguiu, e eu ao temer por ela não me lembrei de ir atrás dele.

Ficou tudo bem à excepção do carro, para-choques, óptica partida e lateral riscada e amolgada. O que me vale é ter seguro contra todos…

Categories: Peugeot 207 | Deixe um comentário

Capacete e saudades

Já encomendei o capacete.
Estava indeciso entre o Shoei Qwest e o Shoei XR-1100 (conhecido como RF-1100 nos EUA). O XR é semi-desportivo e o Qwest é considerado pela Shoei turístico, o XR algo mais caro. O XR como extra tens uns ailerons mais pronunciados, 4 ventilações traseiras (contra 2 do Qwest) e forro removível. Em relação aos ailerons não faço uma condução assim tão desportiva, mesmo sem retirar o forro dá para lavar o capacete, e 2 saídas traseiras chegam-me dado o meu actual não ter nenhuma. Ambos tem padrões de segurança elevados e 5 estrelas na Sharp. O que me fez optar pelo Qwest foi em todas as reviews que li consideravam este muito mais silencio do que o XR e pesa menos 200g, o que é muito.

Dito e feito, encomendado da Louis.de na seguinte cor:

Acabei por comprar na Alemanha, ficou-me com portes por 309€, cá não achava por menos de 489€, portanto quase 200€ de diferença.

Por fim, hoje dei uma volta na CBF de um amigo meu para matar saudades, e sinceramente só sinto mesmo saudades da CBF por sentimentalismo, porque de resto não consigo sentir saudades nenhumas.

Categories: CBR 600F | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.